WarpCast 46 – John Carmack

Chegou o momento de trazermos para o WarpCast a história do programador John Carmack, um dos pais de jogos como Wolfenstein 3D, Doom e Quake. Para essa tarefa, JP Moraes, Sidney Rodrigues, Óda Lemos e Mano Beto recebem Leandro Pereira (Ergo/ Fermata Podcast).

Então digite IDDQD e venha ouvir!

RECURSOS
Download em MP3
Se inscreva via RSS
Se inscreva no iTunes
Ouça pelo Spotify


LINKS DO EPISÓDIO
Podcast Ergo
Fermata Podcast
Podcast Tracks
WarpZone.me
Revista WarpZone nº10 (download gratuito)
Gif para melhor entendimento do Ray Casting

Previous ArticleNext Article
  • Fábio Pacheco Alcantara

    Eu não sabia nada dele, fiquei bem feliz em saber que ele é responsável por muito dos avanços nos jogos.
    Com certeza é um sujeito que merece todos os elogios feitos no programa.
    “O jogo tem que sair no tempo em que ele ficar pronto” isso é a melhor frase e caminho para a produção de jogos melhores e sem tantos problemas.
    O lance dele abrir o código fonte do jogo depois de um tempo é bem interessante visto que, ajuda no desenvolvido e na preservação do código fonte de seu jogo, tendo em vista que muitas empresas de jogos perdem os códigos fontes de seus jogos.
    Esse programa rende uma parte dois.

    • Oda

      Belo comentário como sempre Fábio, não tiro uma única vírgula do que disse!

      Tem algum ícone dos games que gostaria de saber da história mais a fundo?

      Forte abraço!

      • Fábio Pacheco Alcantara

        Obrigado pelo elogio.
        Eu não conheço mais ninguém além do citado no programa.
        Eu gostaria de ver um programa que aprofundasse mais sobre esse ambiente dos anos 70 e 80 onde as bases dos jogos foram firmadas e apresentasse hoje o ambiente dos jogos, ou juntasse os programas warpcast 44-40-38-35-34.

    • E um cara deveria servir de espelho para uma geração com relação à essas questões de tempo de produção e de sempre procurar inovações…
      Valeu por ouvir, maninho!

  • WarpZone sempre fazendo um trabalho fantástico.

  • Tiago Ramos Melo

    Com certeza ele vai pra outra vida falando que fez muita coisa foda, roubando pc da escola, ficando na penitenciária e comprar seu computador, fazer inovações fodas, criar Quake e Wolfenstein e Doom, trabalhar e distribuir software pra criação e ainda ficar rico e fazer foguetes e óculos de VR.
    Carmack é um cara acima de sua época, sem dúvida.

    • É isto. O maluco viveu a vida… kkk